CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
ÁudiosÁudios
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
PrêmiosPrêmios
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Diàrio Recôndito e Poesia
O Jornal das Palavras - Fundado em 10/10/2017.
Textos

OS LÁBIOS DA SEREIA - Por Ricardo Oliveira
Uma beleza de encantamento,
Igual a perola das ostras.
Invadindo o espaço sem cerimônias,
Num balançar de sua caminhada,
E que ao chegar perto de do amor,
Ouvi as batidas do próprio coração.
O beija sem restrição,
Enquanto o mar vem a se desenvolver.
Ela cola seus lábios,
Nos deles que desejam...
Depois as trocas de olhares,
E os dois saem da praia sem medo.
Por alguns instantes,
Em silencio ficam.
As mãos se entrelaçam,
E o vento que sobra,
Chega a desarrumar seus cabelos.
O tempo passa ser vivo,
Entretanto, os lembram dos fatos:
Acaba sem demora,
Que para o mar tem pressa em voltar.
Se com a lua as barbatanas surgem,
Sem sua luz não dá pra permanecer.
O dialogo se estende,
E quando cai a noite,
A separação acontece.
Homem e Mulher só se tocam em caricias,
E o mundo da sereia a busca por querer.

20.11.2017.
Diário Recôndito e Poesia
Enviado por Diário Recôndito e Poesia em 17/12/2017
Alterado em 17/12/2017
Copyright © 2017. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários